• Beatriz Monte Macedo

a.C e d.C

Eu nasci no ano de 1980 e hoje, enquanto escrevo esse post, estamos vivendo no ano 2020 depois de Cristo. E que ano até aqui, não é mesmo? Já é mês de Abril e há uma pandemia no mundo todo, causada por um vírus chamado Corona, que começou na China no fim de 2019.

Enfim ….


Na verdade dizer que estamos em 2020 depois de Cristo é uma realidade para o mundo ocidental.


Nós ocidentais vivemos sobre o calendário Gregoriano, que foi promulgado pelo Papa Gregório XIII em Fevereiro de 1582 e que conta os anos a partir do ano de nascimento de Jesus Cristo.


Mas há também outros calendários como o calendário Juliano, promulgado pelo Imperador romano, Caio Júlio César, em 46 a.C. Esse calendário está sempre atrasado 13 dias e ainda e usado por alguns Cristãos Ortodoxos.

Outro calendário é o Chinês, que começou nos primeiros anos do imperador Huang Di, e é um calendário que leva em consideração os ciclos da lua e sol.

Como ultimo exemplo há também o calendário Judaico que foi estabelecido pelos hebreus na Época do Êxodo, aproximadamente no ano 1447 a.C.

Porque eu estou trazendo essa curiosidade para a leitura?

Porque essa também deve ser a maneira como nós vemos as nossas vidas, como crentes em Jesus Cristo.

Todos os que creem em Jesus devem ser capazes de apresentar uma vida antes de Cristo (a.C) e uma depois de Cristo (d.C).

O Apóstolo Paulo em sua carta aos Efésios 2, 1 disse assim: “Ele, vos concedeu vida, estando vós mortos nas vossas transgressões e pecados”

Como pode estarmos vivos e ao mesmo tempo mortos?

O nosso primeiro nascimento é o da carne, quando saímos do ventre das nossas mães. Mas ainda nesse momento nós estamos mortos espiritualmente, como consequência do que aconteceu no jardim do Éden, quando o pecado entrou na humanidade. Até que ao ouvimos as Boas Novas e crendo nós nascemos novamente, desse vez não da carne, mas do Espírito (João 3, 6).

Jesus morreu a minha morte, Jesus morreu a sua morte para pagar o preço do pecado.

Se a missão de Jesus fosse pagar nossos pegados apenas a sua morte seria suficiente, certo?

Porém Ele não permaneceu morto, Deus o ressuscitou da morte e Ele Vive! Nesse exato momento ele está à direita de Deus.


“Concluindo, depois de lhes ter orientado, o SENHOR Jesus foi elevado aos céus e assentou-se à direita de Deus” (Marcos 16, 19)

Ele morreu para que nós tivéssemos perdão dos nossos pecados, mas Ele vive para que nós possamos viver nEle.

Jesus é a ressurreição, nEle nós nascemos de novo


Jesus é a Vida, nEle nós temos a verdadeira vida

Antes de Cristo todos os nossos atos de justiça são como trapo de imundícia, condição de imundo, é o que diz lá no livro do profeta Isaías (Isaías 64, 6)


Depois de Cristo nós somos a justiça de Deus (2 Coríntios 5, 21)

Antes de Cristo nós estávamos mortos - Efésios 2, 5


Depois de Cristo ganhamos vida eterna - João 3, 16

Antes de Cristo, não posso fazer nada sem Ele (João 15, 5)


Depois de Cristo, podemos todas as coisas naquele que nos fortalece. (Filipenses 4, 13)

Nunca a expressão “Como eu queria nascer de novo" foi tão possível.


Eu nasci em Setembro de 1980 e nasci de novo em Junho de 2010.


Lá se vão 10 anos vivendo em Cristo. Estes tem sido os melhores anos de minha vida!


Há uma vida "depois de Cristo" esperando por você.


Segue Jesus!


10 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

Basta!

Se Deus é por nós, quem será contra nós? (Romanos 8, 31) Sim, há um inimigo. Desde o princípio, ele tenta as criaturas deturpando a verdade. Assim ele continua a agir ainda hoje na vida de muitas pess

Cadastre-se e receba atualizações do site em seu email

© 2023 by Going Places. Proudly created with Wix.com